A alegria do Senhor é a nossa força. Para fazer a Terra se alegrar é preciso estar pleno da alegria que transcende todo o entendimento. E foi com o coração cheio da alegria do Senhor, que o músico Dayvid Damazio compôs e produziu a música que dá o ritmo à campanha Faça a Terra se Alegrar.

Aos 39 anos, Dayvid hoje é Ministro de Adoração e Artes da Igreja Batista do Conforto, em Volta Redonda/RJ. Mas ele começou a estudar música ainda na adolescência em uma igreja da Assembleia de Deus, em Barra do Piraí/RJ. Mais tarde, ingressou no Conservatório de Música de Barra Mansa/RJ para estudar violão e Teoria Musical, dividindo o seu tempo com o curso de Eletrônica.

Ele chegou a exercer a profissão por um tempo, mas logo entendeu que o chamado de Deus para a sua vida era outro. Decidido a mergulhar de cabeça no Ministério de Música, Dayvid começou a se capacitar na área musical e teológica. Ele fez o Curso Livre de Teologia, no Seminário Teológico Betel; estudou na Escola Ministerial de Música, no Rio de Janeiro/RJ e na Escola Ministerial Caminho do Rio, em Londrina/PR. Depois, Dayvid fez Licenciatura em Música, pelo Instituto Brasileiro de Educação Continuada, também no Rio de Janeiro/RJ. Acompanhe a seguir a entrevista com Dayvid Damazio. 

JÁ HAVIA SE ENVOLVIDO COM MISSÕES?
Dayvid Damazio
: Já fiz um trabalho em Valença/RJ em parceria com uma agência missionária com sede nos Estados Unidos, a Global Refuge, ministrando cursos, palestras e cooperando com vários projetos na área de adoração, ensino musical e discipulado.  

COMO RECEBEU O CONVITE PARA ESTE GRANDE DESAFIO DA OBRA MISSIONÁRIA, QUE FOI COMPOR, PRODUZIR E CANTAR A MÚSICA DA CAMPANHA DE MISSÕES MUNDIAIS?
DD: Foi curioso, eu não esperava. Não naquele momento. Eu estava vivendo um tempo difícil emocionalmente. Quando fui contatado pela equipe de Missões Mundiais, me informaram sobre a necessidade de uma música alegre, pra cima, algo diferente. Era tudo o que eu precisava na minha vida pessoal. Aceitei o desafio de imediato. Eu ansiava redescobrir essa alegria na minha vida. Posso dizer que foi um presente de Deus fazer parte desse processo. 

 

"Eu espero que as pessoas entendam que o Evangelho da graça pode ser pregado com leveza, alegria e riso."
Dayvid Damazio

 

O QUE ESPERA QUE ESTA MÚSICA PRODUZA NAS IGREJAS?
DD:
Eu espero que as pessoas entendam que o Evangelho da graça pode ser pregado com leveza e alegria. Eu vim de uma geração que assimilou muito mais o drama, a dor e o choro nas celebrações. Eu acredito que a contrição do coração, o arrependimento e a reverência são elementos importantes na celebração, porém creio que esquecemos um pouco da alegria. Essa alegria de Deus, que é a nossa força! Eu creio que a expressão de adoração da igreja deve ser também uma alegria contagiante, capaz de mostrar aos povos que há uma vida abundante em Cristo, que existe uma paz inexplicável, que na presença do Senhor há, sim, plenitude de alegria!  

COMO FOI O PROCESSO DE PRODUÇÃO MUSICAL?
DD:
Após receber o convite, fui buscar a inspiração na divisa e tema da campanha. Foi muito interessante, pois foi a oportunidade que Deus me deu de relembrar uma época maravilhosa, quando estudei o mesmo texto na Escola Ministerial de Música, na época ainda com o saudoso Pr. Moisés Malafaia. Eu já havia ouvido muitas mensagens sobre aquele texto e também já tinha falado em alguns congressos sobre ele. Mas desta vez tive uma experiência de renovação, relembrando minha própria trajetória e as misericórdias de Deus para comigo. Foi totalmente diferente. Foi orando, buscando inspiração e estudando o texto de 1Crônicas 16 que o tema central da canção ganhou suas primeiras linhas. Eu estava sozinho em casa, em um momento de devocional pela manhã, quando isso aconteceu. Depois, fui trabalhando na letra, na melodia e no arranjo de base ao mesmo tempo. Eu componho na maioria das vezes assim, pensando em tudo, imaginando o ritmo, os instrumentos. Fiz a primeira sugestão da música para Missões Mundiais, e a partir daí foram alguns ajustes em conjunto até chegar ao formato final. 

O QUE MOVE O SEU MINISTÉRIO?
DD
: Alguns valores que acredito têm direcionado o meu ministério. Entre eles estão: adorar a Deus sendo uma referência para a comunidade de fé; ter uma vida de adoração que revele Jesus a todos que nos cercam; saber que tudo o que fazemos é por causa de Cristo e que o amor de Deus é a nossa motivação; servir com gratidão em resposta ao amor de Deus que nos alcançou sem merecermos; proceder com ética, transparência e perdão em nossos relacionamentos; ser constante e abundante no serviço e na fé. Creio que nada é por merecimento. Tudo é pela graça de Deus.

 

Baixe aqui a letra da música.

Baixe aqui a partitura/cifra em tom original.

Baixe aqui a partitura/cifra em Sol Maior.

Baixe aqui a partitura/cifra em Lá Maior.