Faça a Terra se Alegrar foi o tema que falou ao coração do Pr. João Marcos Barreto Soares, diretor executivo de Missões Mundiais, e que ele apresentou à equipe de Comunicação e Marketing de Missões Mundiais. Imediatamente começamos a pensar sobre como apresentaríamos este tema às igrejas. Qual seria a identidade da campanha? No processo de criação, levantamos palavras-chaves e determinamos a Ásia, continente mais populoso e com o maior número de povos não alcançados, como o nosso foco.

Você verá nas peças desta campanha alguns elementos asiáticos, como os arabescos. A principal palavra que norteou a identidade da campanha foi “alegria”. Buscamos cores vivas, alegres para expressar este sentimento nas peças da campanha. Para transmitir alegria, a campanha precisava "ter mais cor".

Outra palavra-chave foi “atitude”.  “Faça a Terra se alegrar” é uma frase no imperativo, uma ordem. Esta ordem leva a uma atitude. E não é possível se alegrar sem sorrisos. Daí a ideia do cartaz principal, com meninos asiáticos sorridentes. Não existe sorriso mais sincero que o de uma criança!

Em um mundo cada vez mais dividido, segmentado, queremos através desta campanha promover a unidade, a amizade. Os meninos do cartaz trazem a ideia de uma distância da tecnologia, mas próximos um do outro. Queremos promover esta comunhão, esta interação entre as igrejas. A tecnologia nos ajuda em muitas coisas, mas não podemos permitir que a comunicação entre nós seja feita exclusivamente através dela. O contato humano é essencial.

Precisamos da comunhão, da alegria e da espontaneidade que a imagem do cartaz principal tão bem representa. Somente juntos seremos capazes de levar a alegria do Senhor a toda a Terra.

 

Baixe aqui as peças da campanha.